Destaques APDC

destaque xpto

Vai acontecer na APDC

Conferência APDC em parceria com ESPAP LAB

Inovação na Administração Pública
16  de  Abril   de  2005 | CCB, Lisboa

Há múltiplos exemplos de sucesso de iniciativas de inovação na AP, muitos dos quais são reconhecidos internacionalmente. Mas há ainda um longo caminho a percorrer para uma adoção massiva de políticas inovadoras no setor público, nomeadamente através do recurso às TIC. E os desafios são muitos, numa conjuntura de manutenção das restrições orçamentais, incertezas e mudanças. Para partilhar as políticas e estratégias de inovação mais recentes nesta área e analisar alguns dos exemplos de sucesso já implementados no nosso País, a APDC, em parceria com o ESPAP LAB, vai organizar uma Conferência sobre "Inovação na Administração Pública".

destaque
Nacional

Holding fica com 15% de direitos de voto na ‘nova’ Oi

PT SGPS e Oi chegam a acordo

2015-04-01 11:50:00 | Lisboa

A PT SGPS e a Oi assinaram, na data limite, um acordo com os novos termos da combinação de negócios, pondo um fim às negociações que decorriam desde 18 de março. O projeto passa a assentar na Oi, não se avançando com a criação da CorpCo. A holding nacional passará a ter 15% dos direitos de voto numa entidade onde vai ser nomeada nova administração. E garante estar empenhada "em que a Oi seja bem-sucedida no seu processo de reestruturação e participe de forma ativa no processo de consolidação" brasileiro.

destaque
União Europeia

Pacote ‘Continente Conectado’ vai ter que ser renegociado

Nova proposta para roaming e net neutrality na UE

2015-03-05 14:57:00 | Lisboa

O Conselho Europeu, presidido pela Letónia, fez uma nova proposta para o roaming e a neutralidade da rede no espaço comunitário. Que vai ao encontro do que defende a indústria de comunicações: adiar a extinção das tarifas de roaming pelo menos até 2018 e admitir diferentes níveis de qualidade de serviço na Internet. O pacote ‘Continente Conectado’, que visa criar um mercado único digital europeu, terá que ser renegociado com o Parlamento.

destaque
Nacional

Banco Postal no 4º trimestre e compra do ActivoBank em análise

CTT crescem e avançam em todas as frentes

2015-03-04 23:16:00 | Lisboa

O projeto do Banco Postal deverá arrancar no último trimestre. Em paralelo, os CTT estão a analisar uma eventual compra do ActivoBank. Depois dos resultados registados em 2014, com uma subida de 26,5% nos lucros e de 2,4% nos proveitos, invertendo-se a tendência de queda dos últimos cinco anos, o grupo tem como meta reforçar o crescimento. Nomeadamente através do acordo com a Altice. E anunciou uma alteração da política de dividendos, tendo em conta os interesses da empresa e dos acionistas.

"Taxa Google" entra em vigor a dia 1 de abril2015-03-25 13:48:00 | LisboaVodafone atenta à Cabovisão e Oni2015-03-24 17:31:00 | LisboaMicrosoft lança programa de apoio às startups2015-03-20 12:18:00 | LisboaAltice deve nomear nova gestão na PT até maio2015-03-20 12:15:00 | LisboaGranadeiro, Bava e Oi sabiam da aplicação na Rioforte2015-03-19 12:27:00 | LisboaAltice reúne-se com sindicatos2015-03-18 17:30:00 | LisboaPacheco de Melo sai da PT SGPS2015-03-19 12:25:00 | LisboaMEO abaixo dos 50% de quota no fixo2015-03-18 15:15:00 | LisboaHuawei faz parceria com a SAP na IoT2015-03-18 14:58:00 | LisboaPT SGPS renegoceia termos da fusão com Oi2015-03-17 11:18:00 | Lisboa
Microsoft ‘mata’ Explorer2015-03-17 17:23:00 | LisboaIBM e Twitter juntam-se2015-03-18 15:00:00 | LisboaAltice prepara venda da Cabovisão2015-03-16 17:43:00 | LisboaApple entra na tv online2015-03-16 17:50:00 | LisboaEricsson reforça serviços de TI na China2015-03-17 17:21:00 | LisboaHá 5,2 milhões de smartphones com banda larga móvel2015-03-16 17:35:00 | LisboaImpresa sobe lucros em 66,8%2015-03-16 17:24:00 | LisboaJoaquim Oliveira sai das comunicações2015-03-12 13:28:00 | LisboaVendas de PC’s continuam a cair2015-03-13 13:31:00 | LisboaFacebook compra TheFind2015-03-16 17:07:00 | Lisboa
Mais notícias
Frase do dia

Dixit

"Temos de tornar a Europa mais competitiva no mundo digital. Não nos devemos proteger da globalização mas sim saber como moldá-la e aproveitá-la em nossa vantagem. Para isso é necessário um mercado interno com regras comuns. (...) O tempo urge para desenvolver o Mercado Único Digital. Se não conseguirmos fazê-lo, as empresas de Silicon Valley, as mentes criativas na Índia e os engenheiros de software na China continuarão a rir-se de nós."

Manfred Weber, Observador, 26/03/2015