Destaques APDC

destaque xpto

Vai acontecer na APDC

No âmbito do Projeto Tendências da APDC

Executive Breakfast Banca
28  de  Janeiro   de  2015 | Myriad Crystal Center

A banca enfrenta hoje uma conjuntura de múltiplos desafios. Tanto em Portugal como ao nível europeu. As crescentes exigências impostas ao setor financeiro, em termos regulatórios e de supervisão, e o desafio do digital e das alterações de padrões de consumo têm obrigado as instituições a desenvolverem um enorme esforço de ajustamento. Neste Executive Breakfast, com o tema "Banca: para onde caminhamos", serão abordadas as respostas mais adequadas às grandes tendências da Banca, através da visão dos responsáveis pelas TI dos grandes grupos financeiros.

destaque
Nacional

Acionistas de referência foram determinantes em AG pouco concorrida

PT Portugal vendida à Altice

2015-01-23 12:19:00 | Lisboa

A venda da PT Portugal à Altice já está aprovada pelos acionistas da PT SGPS. A decisão, onde os acionistas de referência foram determinantes, foi considerada por todos como um mal menor.  No final, só o líder da Oi estava satisfeito. Vai encaixar 7,4 mil milhões de euros para reduzir divida e centrar-se nas consolidações. Segue-se agora o processo de aprovação pela regulação da concorrência. Os franceses querem que o negócio esteja concluído em junho. Mas não há timings.

destaque
Nacional

Adiamento da AG de amanhã volta a ser uma possibilidade

CMVM e administração da PT SPGS em ‘guerra’

2015-01-21 15:58:00 | Lisboa

A CMVM considera que há ainda informação relevante a prestar pela PT SGPS aos acionistas antes destes decidirem a venda da PT Portugal. A administração da holding já respondeu, alegando que A PT defende-se, garantindo que já forneceu todos os esclarecimentos e não dispõe de informação adicional. E reafirma que anular a fusão com a Oi seria um "processo de destruição de valor". Um novo adiamento da AG, marcada para amanhã, volta a ser uma forte possibilidade.

destaque
Internacional

Grupo garante que fusão é irreversível

Oi aposta tudo na venda da PT Portugal

2015-01-16 17:18:00 | Lisboa

O grupo brasileiro garante que a fusão com a PT é irreversível, até porque o acordo já foi renegociado na sequência do caso Rioforte, onde considera ter sido a principal vítima. Assegura que a venda da PT Portugal é melhor para todos e uma oportunidade de assegurar um futuro sustentável, tanto para a Oi como para a PT Portugal, que está a enfrentaruma situação adversa.

Telecom Italia vai avançar com oferta pela Oi2015-01-16 17:37:00 | LisboaPT SGPS suspensa da bolsa pela CMVM2015-01-09 10:47:00 | LisboaConferência Anual 2015 da APAN debate “Os novos Novos”2015-01-09 11:10:00 | LisboaSistema Android perde mercado na Europa e EUA2015-01-08 16:03:00 | LisboaMercado de tablets estagna em 20152015-01-08 16:05:00 | LisboaAnacom assume presidência do BEREC2015-01-06 13:20:00 | LisboaAG da PT SGPS mantém data agendada2015-01-08 12:05:00 | LisboaPT SGPS analisa entrada na PT Portugal2015-01-06 13:17:00 | LisboaHuawei sobe vendas em 20142015-01-06 16:21:00 | LisboaXiaomi planeia expansão global em 20152015-01-06 16:23:00 | Lisboa
Mais notícias
Frase do dia

Dixit

"Claro que é triste ver aquilo que pensávamos ser a PT acabar. Como foi triste ver morrer a marca BES. Claro que teria sido melhor resgatar a PT. Mas para isso era preciso dinheiro, coisa que nenhum dos acionistas de referência da PT tinha, revelando bem como dependiam do BES. A alternativa, mais liberal mas que daria uma lição mais dura a alguns acionistas, era deixá-los entregues à Oi com a PT. A venda à Altice acabou por salvá-los mais uma vez. (...) Aquilo a que temos assistido no BES e na PT é uma lição para os defensores dos campeões nacionais e do interesse nacional. Precisamos é de empresários. Que criem valor para os acionistas em vez de rendas."

Helena Garrido, Jornal de Negócios, 2015/01/23