Destaques APDC

destaque xpto

Aconteceu na APDC

Realizou-se a 19 e 20 de novembro

24º Congresso das Comunicações
19  de  Novembro   de  2014 | Centro Cultural de Belém, Lisboa

Com o tema ‘Business Trends 2014', o Congresso das Comunicações deu destaque às tendências de negócio dos setores dos Transportes, Administração Pública, Retalho e Smart Cities. Assim como a forma como as TIC poderão potenciar e acelerar essas tendências, enquanto indústria indutora de modernidade e de competitividade e grande motor de crescimento da economia. Através de uma profunda reflexão, transversal aos diversos setores de atividade, pretendeu-se impulsionar a busca conjunta de soluções que acelerem o desenvolvimento do País. Em tempos de mudança de paradigma, é com a união de esforços que se conseguem encontrar respostas que garantam um futuro sustentado.

destaque
Nacional

Em resposta aos rumores do mercado

CTT admitem interesse na PT

2014-11-13 16:54:00 | Lisboa

Os CTT avançaram hoje em comunicado que estão atentos à venda da PT Portugal. E que analisarão todas as oportunidades que façam sentido no desenvolvimento das suas áreas de negócio, que criem valor para os acionistas e tenham uma dimensão compatível. Foi a resposta aos crescentes rumores de que estarão envolvidos na operação.

destaque
Nacional

Oi confirma ter recebido 2ª proposta

Apax e Bain dão 7,075 mil milhões pela PT Portugal

2014-11-12 10:10:00 | Lisboa

Os fundos Apax e o Bain Capital apresentaram uma proposta conjunta à brasileira Oi para comprar a PT Portugal. A oferta avalia a operação portuguesa em 7,075 mil milhões, ligeiramente acima do proposto pela Altice. De fora, ficam também as atividades em África e o endividamento da PT Portugal, incluindo a dívida da Rioforte.

destaque
Nacional

No valor de 1,21 mil milhões

Isabel dos Santos lança OPA sobre a PT SGPS

2014-11-10 09:43:00 | Lisboa

A Terra Peregrin, controlada pela empresária angolana, lançou uma oferta pública de aquisição (OPA) voluntária sobre a PT SGPS.  No valor de 1,21 mil milhões de euros, está condicionada ao controlo de um mínimo de 50,01% das ações e direitos de voto. E é imposto um conjunto de condições para a efetivação da OPA. Nomeadamente que o processo de fusão seja suspenso de imediato.

TIM está preparada para agir2014-11-13 11:26:00 | LisboaAltice garante ter projeto industrial para Portugal2014-11-12 09:51:00 | LisboaAnacom lança novo site na internet2014-11-13 11:50:00 | LisboaVodafone perde clientes e receitas2014-11-13 11:29:00 | LisboaAlcatel-Lucent vende negócio de cibersegurança à Thales2014-11-07 12:50:00 | LisboaOi reafirma fusão e rejeita qualquer proposta2014-11-10 09:44:00 | LisboaOi considera inoportuna OPA de Isabel dos Santos2014-11-10 09:25:00 | LisboaApax e Bain podem virar-se para a Oi2014-11-06 11:02:00 | LisboaInternet de banda larga: utilização cresce2014-11-07 12:14:00 | LisboaCTT aprovam Banco Postal2014-11-05 10:17:00 | Lisboa
Mais notícias
Toshiba e Cisco juntas na Internet of Things2014-11-18 17:03:00 | LisboaNOS junta cinema aos pacotes convergentes2014-11-13 11:33:00 | LisboaMicrosoft anuncia versão Skype para empresas2014-11-13 11:31:00 | LisboaCapgemini Portugal otimiza negócios2014-11-13 11:36:00 | LisboaSEQR lança mobile wallet em Portugal2014-11-13 11:35:00 | LisboaVodafone lança Red+2014-11-04 13:11:00 | Lisboa
Nova solução G.fast da Alcatel-Lucent2014-11-04 13:10:00 | LisboaHuawei apresenta Ascend Mate 72014-11-04 13:05:00 | LisboaEMC apresenta solução para cloud híbrida2014-11-04 13:08:00 | LisboaHuawei comercializa TalkBand B12014-11-04 13:03:00 | LisboaCTT lançam novo site2014-10-09 15:52:00 | LisboaCapgemini é parceiro GOLD da Microsoft2014-10-03 17:32:00 | Lisboa
Ver mais
Frase do dia

Dixit

"A PT Portugal não desapareceu, tem, é certo um accionista brasileiro que mudou de opinião. Há um ano, o mercado português era estratégico, hoje, depois da integração e de um aumento de capital que resolveu alguns dos problemas dos accionistas da Oi e da própria companhia, Portugal não interessa. É por isso que qualquer das propostas, seja a oferta de Isabel dos Santos sobre a PT SGPS, que tem 25% da Oi, sejam as da Altice, firme, e da Apax, apenas uma demonstração de interesse, é melhor para a PT, para os seus accionistas e para o país que precisa de empresas com competências e inovadora. Arrisco, qualquer futuro será melhor do que este, em que a PT é um filho enjeitado da Oi."

António Costa, Diário Económico, 2014/11/13