Amazon ultrapassa Google e Apple como marca mais valiosa do mundo

2019-06-12 A gigante de compras online Amazon é a marca mais valiosa do mundo no total das 100 marcas mais valiosas, ultrapassando as concorrentes Google e Apple, de acordo com o ranking BrandZ 2019, da Kantar. Vale 315 mil milhões de dólares, mais 52% que em 2018, ano em que ficou na 3ª posição.

A empresa de Jeff Bezos tem vindo a apostar em áreas para além das compras online, entrando em negócios como o hardware, a cloud e até o espaço, tornando-se numa das grandes disruptoras do mercado. As suas aquisições têm gerado mais fontes de receitas, criando um ecossistema diversificado de produtos e serviços.

Enquanto a Amazon se valorizou em 52%, a Google e a Apple, que estavam no ano passado na 1ª e 2ª posições, respetivamente, apresentaram uma valorização de apenas 2% e 3% entre 2018 e 2019. A marca da maçã ficou este ano em 2º lugar no ranking, valendo 309,5 mil milhões de dólares, e a Google em 3º, valendo 309 mil milhões.

Já a Microsoft manteve-se na 4ª posição do ranking, com uma valorização anual de 25%, ficando num total de 251 mil milhões de dólares. Também a Facebook manteve a 6ª posição, com uma perda de valor de 2%, ficando em 158,9 mil milhões de dólares. Já a Alibaba ganhou duas posições, passando ao 7º lugar, com um valor de 131,2 mil milhões de dólares e uma valorização de 16%.

Do ranking das dez marcas mais valiosas do mundo constam ainda a Visa (5ª), Tencent (8ª), McDonald’s (9ª) e AT&T (10ª).

A procura por marcas ligadas ao "marketing consciente", com consumidores mais eco-friendly, é uma das tendências identificadas pelo BrandZ, que salienta que este é um dos desafios para as empresas.

As empresas de tecnologia lideraram o Top 100 da BrandZ desde a primeira edição do ranking global de valor de marca, em 2006, quando a Microsoft ocupava o primeiro lugar. Muito mudou nestes 13 anos e a subida da Amazon contraria esta tendência, apesar da empresa de Jeff Bezos já não poder ser considerada como uma pura retalhista dedicada ao comércio online.


2019-09-20 | Atualidade Nacional

No âmbito da cooperação entre as duas entidades


2019-09-19 | Atualidade Nacional

NOS mantém a liderança deste mercado, com quota de 40,5%


Como preparação para a introdução e implementação rápida do 5G


2019-09-20 | Breves do Sector

Os primeiros depois do embargo dos EUA


2019-09-17 | Breves do Sector

Com reforço da liderança na inovação de bases de dados