IBM volta a bater recorde de registo de patentes nos EUA

2019-01-09 A IBM registou em 2018 um novo recorde de registo de patentes nos Estados Unidos, pelo 26º ano consecutivo. No total, foram registadas 9,1 mil patentes, com a tecnológica a liderar o setor nas áreas relacionadas com inteligência artificial (IA), cloud, segurança e computação quântica. Foram concedidas a mais de 8.500 cientistas da IBM e 47 diferentes estados americanos e 48 países.

"A IBM está comprometida em liderar as tecnologias que mudam a forma como o mundo funciona e resolver problemas que muitas das pessoas nem sequer ainda pensaram. Os nossos clientes e os seus clientes são os beneficiários destas inovações, particularmente nas áreas onde lideramos como a IA, cloud, blockchain e segurança para o desenvolvimento dos negócios", refere Ginni Rometty, Presidente e CEO da IBM.

No geral, quase metade das patentes de 2018 estão relacionadas com avanços pioneiros em IA, computação na cloud, segurança, blockchain e computação quântica.  Assim, as 1,6 mil patentes na área de IA abrangem novas formas de utilização destas tecnologias para ajudar a comunicar e a conversar, bem como a analisar e proteger lagos e cursos de água do planeta. A IA também desempenhou um papel importante nas mais de 1,4 mil patentes de segurança atribuídas a investigadores da IBM em 2018, incluindo o combate ao phishing de voz.

E há vários projetos, como o Project Debater, um sistema de IA inovador que permite debater tópicos complexos em contexto humano. Os investigadores da IBM patentearam uma abordagem para utilizar machine learning a fim de identificar evidências, como segmentos de texto relevantes em dados de texto não estruturados, que ajudam a defender ou opor-se a um determinado tema ou tópico que esteja a ser analisado ou discutido. Este desenvolvimento pode contribuir com avanços na forma como a tecnologia e os humanos interagem entre si numa conversação.

Foi também patenteado um sistema inteligente que poderá ser utilizado para identificar, caracterizar e monitorizar perfis verticais de temperatura e declives, que afetam a vida marinha, em lagos e outros ecossistemas aquáticos. A analítica em conjugação com a IBM Cloud e a Internet of Things (IoT) permitiu à IBM projetar o lago mais inteligente do mundo, o "Lake George".

Já na área do phishing, que ocorre quando um individuo ou sistema de computação tenta obter informações sensitivas de vítimas desconhecidas, a IBM patenteou um sistema de IA que possibilitará, com base na respetiva permissão do utilizador, analisar padrões de conversação entre duas partes a fim de identificar tentativas de uma das partes de enganar a outra. O sistema pode enviar uma mensagem de alerta em tempo real para avisar uma potencial vítima e ajudar os especialistas em TI das empresas a prevenir e gerir melhor as ameaças à segurança de computadores e dispositivos móveis.

Os cientistas da IBM tiveram mais de udas mil patentes em cloud computing durante 2018, incluindo uma patente de monitorização especializada para máquinas virtuais que adota uma abordagem leve que visa otimizar o isolamento e a segurança entre uma aplicação cloud e o seu gestor, reduzindo os tempos de implementação e melhorando o desempenho. Este modelo está relacionado com a pesquisa da IBM na área de segurança e que poderá contribuir para que as organizações movam dados e aplicações com maior facilidade e de forma segura em ambos os ambientes cloud e on-premises.

No desenvolvimento do blockchain e promoção da sua adoção global, foi registada uma patente de um modelo para criptografar dados armazenados num blockchain. Os membros de uma rede blockchain podem colocar os dados que gostariam de partilhar com os outros membros dessa rede. No entanto, em vez de armazenar os dados abertamente para qualquer um dos participantes do blockchain, os membros podem criptografar os seus dados dentro dessa rede e apenas aqueles que receberam uma determinada chave podem ler os dados. A IBM disponibilizou este recurso patenteado para utilizadores de software Open Source Hyperledger Fabric.

Os investigadores da IBM também patentearam invenções significativas em computação quântica, incluindo uma nova forma de converter componentes em formato de miniatura para melhorar o desempenho de computadores quânticos.

2019-03-13 | Atualidade Nacional

Segmento representa mais de 30% do valor das vendas de software


Progressão de carreira das mulheres não é prioridade para 79% das organizações


Novo gigante para o setor dos pagamentos eletrónicos


2019-03-15 | Breves do Sector

Processo liderado pela Associação Bué Fixe


2019-03-12 | Breves do Sector

Para telecomunicações no edge