Chronopost e Seur fundem-se na nova DPD em Portugal

2019-09-10 As duas empresas que operam no negócio de entrega de encomendas nacional há cerca de 30 anos vão fundir-se. Controladas pelo grupo postal francês La Poste, através da Geopost, vão dar origem a uma nova marca, a DPD, que tem vindo a surgir um pouco por toda a Europa, O objetivo é entregar 22,5 milhões de encomendas em 2019 e criar o maior centro de distribuição de Portugal.

O grupo La Poste tem vindo a uniformizar a marca DPD em toda a Europa, estando gora, com Portugal, presente em 22 países. Agora, foi a vez das empresas que detém em Portugal, a Chronopost e a Seur, numa estratégia complementaridade de operações das duas marcas, presentes há três décadas no mercado nacional. Olivier Establet, que presidia à Chronopost, vai passar a liderar a nova DPD.

Estima-se que a nova empresa encerre o atual exercício com 22,5 milhões de encomendas entregues, 77 milhões de euros de faturação, 1,4 mil colaboradores e 600 circuitos de distribuição (a Chronopost tinha 400 circuitos de distribuição e a Seur 200). Serão ainda investidos 25 milhões de euros num novo centro de distribuição de encomendas, que será o maior de Portugal, e estará localizado em Lisboa, com conclusão prevista para 2021.

A operação surge num ano em que o mercado da entrega de encomendas tem registado particular dinâmica, devido à massificação do comércio online. Em abril, os espanhóis da Correos anunciaram a entrada no mercado português.

2020-02-14 | Atualidade Nacional

No âmbito da estratégia de diversificação de portefólio


2020-02-14 | Atualidade Nacional

Relatório de Tendências de Meios de Pagamento da Minsait


Embora impondo limites à participação da fabricante


2020-02-13 | Breves do Sector

Com apresentação dos novos Chromebooks


2020-02-12 | Breves do Sector

Novo serviço permite aos cientistas de dados construir modelos de aprendizagem automática potentes