Cisco abre oficialmente novo centro de competências em Lisboa

2019-06-03 Acaba de abrir oficialmente o novo centro Costumer Experience (CX) da Cisco em Lisboa. Estima-se que possa criar até 200 postos de trabalho nos próximos anos. Este novo centro vem complementar a aposta da tecnológica nas competências de apoio às empresas na Europa, Médio Oriente, África e Rússia (EMEAR) e fomentar a diversidade de talentos.

Em declarações à agência Lusa, o Top CX Executive da Cisco, Phil Wolfenden, referiu que a escolha de Lisboa para a localização do novo centro se ficou a dever, sobretudo, à "robusta e diversificada oferta de talentos". Nomeadamente as competências técnicas, profissionais, de falar várias línguas, entre os quais inglês, assim como os incentivos dados pelo Governo.

"A abordagem positiva do Governo português para os investimentos assentes no conhecimento, bem como a qualidade das universidades em Portugal, a força de trabalho robusta e o ecossistema empreendedor foram fatores tidos em conta na decisão de abrir o centro de Lisboa", referiu o gestor. Que explicou que o projeto, para o qual não foram avançados valores de investimento, vem complementar a aposta da Cisco nas competências de apoio às empresas da região EMEAR e fomentar a diversidade de talentos.

Com Lisboa, a Cisco passa a ter três centros CX. Bruxelas e Cracóvia são as localizações dos outros dois. A evolução do novo projeto, que arrancou em fevereiro, dependerá das necessidades do negócio, mas poderá chegar aos 200 postos de trabalho nos próximos anos, centrando-se o CX na área do conhecimento de tecnologia, como segurança, redes empresariais e data centers.
 

2019-09-20 | Atualidade Nacional

No âmbito da cooperação entre as duas entidades


2019-09-19 | Atualidade Nacional

NOS mantém a liderança deste mercado, com quota de 40,5%


Como preparação para a introdução e implementação rápida do 5G


2019-09-20 | Breves do Sector

Os primeiros depois do embargo dos EUA


2019-09-17 | Breves do Sector

Com reforço da liderança na inovação de bases de dados