Experis desenvolve inovador sistema de gestão das candidaturas ao UPskill

2020-07-23 A Experis Portugal, empresa do universo ManpowerGroup e uma das empresas fundadoras do Programa UPskill, que desenvolveu uma solução customizada para operacionalizar o processo de gestão das candidaturas desta iniciativa nacional de requalificação em TIC. Para o efeito, criou uma ferramenta de raiz, que recorre a um chatbot, com recursos de inteligência artificial.

A interface criada pela Experis é utilizada nas fases de pré-seleção e avaliação do processo de candidatura. Na primeira etapa, o candidato é conduzido a um questionário, realizado através de um assistente virtual de recrutamento via chat (chatbot), com perguntas relacionadas com a sua identificação, o seu grau de qualificação e as áreas de formação preferenciais.

Na segunda fase, o candidato realiza um conjunto de três testes para aferir a sua aptidão em matéria de tecnologia. Os candidatos selecionados, em função da classificação obtida, são depois entrevistados pelo IEFP. No final do processo, fazem ainda um teste de inglês, também realizado pela Experis nas suas plataformas.

Recorde-se que estão a decorrer as candidaturas ao UPskill, que visa colocar três mil profissionais no mercado de trabalho, no prazo de três anos, na área das Tecnologias da Informação e Comunicação. A iniciativa, apresentada em março, é promovida pela APDC, em parceria com o Governo, IEFP e Institutos Politécnicos. O objetivo é formar e capacitar recursos humanos para fazer face à crescente escassez de talento no setor e à pressão na procura por profissionais qualificados. Uma necessidade que já era premente, mas que foi, entretanto, acelerada com a pandemia de Covid-19. 

"Só mediante a formação, com o upskill e reskill do talento, é que candidatos e empresas se poderão adaptar a um contexto em rápida mudança e fazer face ao desencontro de competências de modelos de negócio cada vez mais digitais. Nesse sentido, desenvolver uma cultura de learnability, que fomente uma aprendizagem do talento ao longo da sua carreira, habilitando-o para um contexto de crescente digitalização, é hoje cada vez mais relevante."  explica Pedro Amorim, Managing Director da Experis.

"O objetivo da Experis é encontrar sempre soluções diferenciadoras que assegurem um match perfeito entre os perfis e aspirações dos candidatos e as necessidades das empresas. O chatbot desenvolvido para a gestão de candidaturas ao UPskill é uma solução customizada e inovadora, dotada de recursos de IA. Oferece não só o potencial de lidar com grandes volumes de candidaturas nas fases de pre-screening, mas também a capacidade de, após a interação com o candidato, fazer a avaliação do perfil e aferir a sua adequação à posição a preencher. O chatbot permite igualmente melhorar a experiência do candidato, que consegue uma interação e respostas imediatas, reduzindo os tempos de espera", acrescenta.

O projeto contempla um programa intensivo de formação, com a duração de seis meses, seguido de formação em contexto de empresa durante três meses. Os formandos selecionados receberão bolsas de formação durante esse período, equivalentes ao salário mínimo nacional. Os compromissos de contratação estabelecidos com as empresas preveem uma remuneração mínima inicial de 1.200 euros brutos para os alunos que sejam contratados.

2020-08-06 | Atualidade Nacional

Gestor de domínio de topo nacional lança app


2020-08-06 | Atualidade Nacional

Enquanto negócio do correio caiu, expresso e encomendas disparou


2020-08-06 | Atualidade Nacional

Com foco na alteração das regras de fidelização e implementação de 5G


2020-08-05 | Atualidade Nacional

Aplicação nacional para rastrear pandemia prestes a arrancar


2020-08-04 | Atualidade Nacional

De acordo com estudo da ANACOM sobre a qualidade do serviço móvel


2020-07-31 | Atualidade Nacional

Pandemia faz cair receitas de publicidade


2020-07-31 | Atualidade Nacional

De acordo com notícia avançada pela Reuters


2020-07-30 | Atualidade Nacional

Introduzidas durante o Estado de Emergência


2020-07-30 | Atualidade Nacional

Fibra do grupo chega já a 5,3 milhões de casas