Mário Vaz recusa investir no 5G para dar ‘tapete vermelho’ aos novos players

2020-10-22 Se alguém entra no mercado tem de investir. O roaming entre redes de operadores não é a única solução para os problemas de cobertura móvel do país. A mensagem é de Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal, que também esteve na Assembleia da República, na à Comissão Parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, e onde voltou a mostrar-se contra o projeto do leilão de frequências do 5G apresentado pelo regulador.

Sem comentar as afirmações feitas na semana passada pelo líder da Vodafone na Europa, que admitiu mesmo desistir de concorrer ao 5G em Portugal, o CEO da subsidiária nacional voltou a considerar que a Anacom, ao propor a obrigatoriedade de partilha da rede para um novo operador na 5G, poderá estar a distorcer as regras de mercado, uma vez que vão tirar partido dos investimentos já feitos pelos players atuais.

 "Não temos nada contra novos entrantes. Somos é contra tapetes vermelhos", referiu, destacando que o regulador está a querer introduzir regras que permitirão reduzir investimentos dos novos operadores que garantam frequências de 5G "benefícios de exclusividade".

Sobre os problemas de cobertura, admitiu que "não temos cobertura a 100%, mas ninguém tem. Não tem Portugal e nem tem a Coreia e Japão, que são países muito desenvolvidos", lembrando que o 5G não pode ser visto como a solução passa isso, já que o que vem resolver serão temas como a velocidade e latência.

E mesmo o roaming nacional, defendido pelo regulador como a solução para garantir maior cobertura do país, com a partilha de redes entre operadores onde for necessário, considera que "também não pode ser a solução única para cobertura. Aliás, se nenhum operador tiver rede num determinado local, não haverá possibilidade de roaming. Tal como o líder da NOS, admite que considera aceitável a solução do roaming nacional em áreas específicas e não ao nível nacional.

2020-12-03 | Atualidade Nacional

Operadores tinham acordo que penalizava consumidores e concorrência, diz regulador


2020-12-03 | Atualidade Nacional

Vodafone avança com reformulação da queixa em Bruxelas


2020-12-03 | Atualidade Nacional

Parceria abrange os 3 pilares do Plano de Ação para a Transição Digital


2020-11-26 | Atualidade Nacional

Tomada de posição inédita surge com intensificar dos conflitos


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Para promover desenvolvimento das redes pelos operadores


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Associação defende que é preciso garantir dinâmica integrada com todos os stakeholders


2020-11-24 | Atualidade Nacional

Mário Ferreira é eleito como novo presidente da dona da TVI