Vodafone Portugal sobe receitas em 2,1% no seu ano fiscal

2019-05-14 O crescimento continuado a dois dígitos do negócio fixo, apoiado na expansão de rede de fibra, continua a impulsionar a Vodafone em Portugal. No ano fiscal que terminou a 31 de março, o operador viu as receitas crescerem 2,1%, para cerca de mil milhões de euros.

Contabilizando apenas os proveitos de serviços, o operador cresceu 2,4%, para 967 milhões de euros. A empresa tinha no final de março um total de 677 mil clientes no negócio do fixo, que já chega a 3,2 milhões de casas. Já no móvel, ficou com 4,7 milhões de clientes, mais 1,8% face ao valor que tinha um ano antes. Destes, 2,1 milhões eram clientes 4G, com um reforço homólogo de 23%. A taxa de penetração de smartphones atingiu 77,1% e a utilização de dados móveis cresceu 18,5%.

Tendo em conta apenas o 4º trimestre do seu ano fiscal, entre janeiro a março, o operador conseguiu um crescimento orgânico de 1,8% nas receitas de prestação de serviços, que atingiram 236 milhões de euros. As receitas totais cresceram 1,4%, superando  249 milhões de euros.

2020-02-14 | Atualidade Nacional

No âmbito da estratégia de diversificação de portefólio


2020-02-14 | Atualidade Nacional

Relatório de Tendências de Meios de Pagamento da Minsait


Embora impondo limites à participação da fabricante


2020-02-13 | Breves do Sector

Com apresentação dos novos Chromebooks


2020-02-12 | Breves do Sector

Novo serviço permite aos cientistas de dados construir modelos de aprendizagem automática potentes