Solução de IA da IBM torna combate aos incêndios mais eficaz

2019-07-18 A IBM, através da sua plataforma Watson, uma solução de inteligência artificial, contribui para detetar e combater incêndios de forma mais rápida e eficaz, assim como calcular a probabilidade de incêndio, antes que o mesmo ocorra. A tecnologia integra a solução Bee2FireDetection, disponibilizada pela Compta, que pode vir a desempenhar um papel fundamental no combate aos incêndios e à gestão dos mesmos.

A Bee2FireDetection recorre à inteligência artificial, aos espectrómetros, a diferentes câmaras de vigilância por vídeo digital e à termografia (uma técnica que permite analisar as temperaturas à distância) para detetar incêndios florestais até 15km. Esta solução funciona 24 horas por dia, 365 dias por ano.

As imagens recolhidas são analisadas pela IBM Watson Visual Recognition através de diferentes algoritmos de leitura profunda, permitindo que o sistema detete qualquer sinal de incêndio, uma área de fumo, um aumento de temperatura ou mudança de luz, e lance o alerta praticamente em tempo real.

Este sistema pioneiro permite calcular o índice de risco de incêndio de forma eficaz, fornecendo à plataforma Watson uma série de dados meteorológicos e ambientais do local, como a humidade, a direção do vento ou da temperatura.

Esta informação é obtida através de estações meteorológicas locais e de dados provenientes da Weather Company da IBM, uma das plataformas de previsão meteorológica mais fidedignas do mundo. Após recolher e analisar todos os dados, a Bee2FireDirection pode apresentar uma previsão precisa sobre a probabilidade de incêndio e calcular o risco de incêndio estabelecendo um nível de alerta apropriado, para que as próprias equipas de combate estejam preparadas para intervir na altura certa.

“Durante o incêndio, o tempo de reação é extremamente importante para poder reduzir o perigo das chamas ao máximo. Utilizando a inteligência artificial, a Bee2FireDetection permite detetar e reagir rapidamente a um incêndio. Reduzir o tempo de reação ao fogo pode ser extremamente útil para poder controlá-lo assim que começa reduzindo o seu impacto”, explica Vasco Correia, diretor de Negócios Internacionais, na Compta.

Além disso, a implementação da Bee2FireDetection não requer um hardware especial, basta um sistema de monitorização de câmaras HD e computadores, elementos com os quais vários municípios, empresas e organizações já trabalham.

A inteligência artificial da IBM permite que a Bee2FireDetection seja uma ferramenta bastante útil em situações em que o incêndio já está ativo. Aproveitando a funcionalidade do Watson e da análise de dados meteorológicos e ambientais, a Bee2FireDirection consegue estimar de que modo o fogo pode evoluir no solo, uma vez que o sistema consegue calcular a velocidade e a direção que as chamas podem alcançar. Ter acesso a estas informações e detalhes pode auxiliar não só os bombeiros, mas também a proteção civil a planear o combate a incêndios de maneira mais eficaz.

“A Bee2FireDetection é um excelente exemplo do potencial que a inteligência artificial da IBM pode ter em diversas áreas e setores. Tornar o combate a incêndios mais eficaz é um dos exemplos de como a inteligência artificial pode ter um impacto positivo e ser um grande auxílio na tomada de decisões”, explica Gabriel Mateos, Diretor de Parceiros de Negócios da IBM em Espanha, Portugal, Grécia e Israel.

Os primeiros projetos pilotos da Bee2FireDetection foram desenvolvidos em diferentes países da Europa e da América Latina, estando neste momento disponível em todo o mundo. O objetivo desta ferramenta passa por ser uma solução credível contra incêndios, especialmente em áreas florestais mais comuns, como a Califórnia, Espanha ou Portugal.
De acordo com os dados fornecidos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, até 5 de junho deste ano, foram destruídos pelo fogo 7.373 hectares, um aumento de 51% em relação ao mesmo período de 2018. O aparecimento desta nova solução pode ajudar a enfrentar este tipo de problemas e ser útil em locais onde o perigo de incêndio é geralmente mais elevado como Braga, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Portalegre ou Viseu.

A Bee2FireDetection tem uma versão industrial desta ferramenta, concebida para detetar e combater incêndios que podem afetar diferentes instalações, como fábricas, data centers e outros ativos importantes. No Brasil, por exemplo, a empresa Vale S.A, uma das maiores produtoras de níquel do mundo, tem recorrido à Bee2FireDetection para proteger as suas instalações de incêndios.

A Bee2FireDetection junta-se a outros projetos da IBM para melhorar a sua eficiência no combate a incêndios, como é o caso do projeto Code and Response, através do qual a IBM promove o desenvolvimento de novas soluções tecnológicas que ajudem a dar resposta a alguns dos maiores problemas mundiais. Como parte integrante do projeto, a iniciativa Code and Response 2018 reuniu vários investigadores de diferentes países para desenvolverem soluções que ajudam a reduzir o impacto dos desastres naturais, como incêndios, através do recurso a tecnologias.

No início deste ano, a IBM anunciou uma solução que ajuda as empresas do setor de energia a reduzir o risco de incêndio, após detetar zonas de vegetação que, pela sua localização ou estado, pode representar uma ameaça de incêndio, pondo em riscos a segurança de todos. Por exemplo, as folhas podem ser uma das grandes causas de incêndio. O acesso a dados geográficos e meteorológicos obtidos através de satélites, drones e sensores de IoT, vai permitir que cada empresa possa detetar se existe vegetação que constitua uma ameaça à segurança e agir em conformidade.
 

2019-08-02 | Atualidade Nacional

Sentido provável de decisão segue agora para consulta pública


Há menor procura dos modelos topo de gama


2019-07-25 | Breves do Sector

Nas modalidades de carregamento e pagamento por fatura