Altran passa a denominar-se Capgemini Engineering

2021-04-08 Depois da sua aquisição pela Capgemini, há um ano, e da sua integração no grupo, a Altran passa a partir de agora a denominar-se Capgemini Engineering. Assume-se como uma nova linha de negócio, que vem consolidar um conjunto único de competências líderes de mercado em engenharia e I&D. Terá como missão apoiar as organizações mais inovadoras do mundo na criação dos produtos e serviços do futuro, bem como a lidarem com a disrupção, através da incorporação das mais avançadas tecnologias e de software de ponta. Inclui três grandes áreas: Product and Systems Engineering; Digital and Software Engineering; e Industrial Operations.

Em comunicado, a Capgemini adianta que "aliadas aos profundos conhecimentos sobre a indústria, as tecnologias digitais e o software de vanguarda que o grupo detém, vão capacitar a transformação das empresas no contexto da convergência entre os mundos digital e físico". Esta nova linha de negócio reúne com mais de 52 mil colaboradores e está presente nos principais hubs de engenharia do mundo, agrupando o poder da engenharia e assinalando a integração da Altran. 

"As principais empresas dos mais variados setores de atividade perceberam que a engenharia e a investigação e desenvolvimento (I&D) estão a evoluir a um ritmo muito rápido e constante. Consequentemente, os nossos clientes precisam de um parceiro capaz de os apoiar no desenvolvimento e na comercialização, na gestão e evolução de produtos inovadores. A Capgemini Engineering assinala a integração das competências da Altran no grupo, um ano após a sua aquisição. Esta nova linha de negócio vem complementar na perfeição o portfólio já consolidado de ofertas estratégicas e suporta a nossa posição de liderança na Indústria Inteligente", refere Aiman Ezzat, CEO do grupo Capgemini.

"A I&D é o novo campo de batalha que tem de estar ligado e orientado aos dados, de modo a poder otimizar a inovação e a acelerar o desenvolvimento. Os serviços da Capgemini Engineering foram desenvolvidos para responder exatamente a esta necessidade: aproveitar o poder dos dados para fomentar a inovação, criar e oferecer novas experiências aos clientes e disponibilizar novas fontes de valor", acrescenta William Rozé, CEO da Capgemini Engineering e membro do Comité Executivo do grupo.

As competências reunidas sob a marca da Capgemini Engineering já são reconhecidas como sendo líderes de mercado. Em janeiro de 2021, a Zinnov, empresa líder à escala mundial na área da consultoria de gestão e estratégia, posicionou a Capgemini no topo da sua "leadership zone" pelos seus serviços globais de engenharia, investigação e desenvolvimento (EI&D), sublinhando que a nova entidade possui recursos que lhe permitem dispor da maior rede de fornecimento do mundo e que está presente nos principais hubs de engenharia à escala global.

A maioria dos clientes beneficiam igualmente da capacidade que a Capgemini Engineering possui para implementar tecnologia em grande escala, das suas poderosas competências de engenharia e da vasta experiência que detém neste setor. Entre estes clientes, conta-se a Hyperloop TT, uma empresa inovadora de transportes e tecnologia que está a desenvolver um sistema disruptivo de transporte de alta velocidade assente na propulsão eletromagnética.

CEO da gigante diz que modelo do futuro passa pela flexibilidade


Grupo anunciou investimentos de 9 mil milhões desde janeiro


Avançando com proposta para alterar estratégia comunitária


Depois de uma queixa da Spotify sobre a App Store no ano passado


Revela relatório sobre Maturidade Digital da Minsait e SIA


Num negócio avaliado em cinco mil milhões de dólares


Com consolidação do posicionamento em áreas geograficamente estratégicas para o crescimento futuro