Bruxelas reserva frequências 5G para redes a bordo dos aviões

2022-11-24

A Comissão Europeia atualizou a decisão sobre o espectro das redes móveis a bordo dos aviões e decidiu reservar algumas frequências para tecnologia 5G nos voos. Assim, as companhias aéreas vão poder fornecer a última tecnologia móvel nos seus aviões, a par de outras tecnologias móveis que já disponibilizam. Os passageiros poderão usar os telemóveis a bordo como fariam se estivessem em terra.

Os aviões vão ter de ser preparados com equipamentos de rede específicos, as pico-cell, para fazer a ligação de 5G, canalizadas através de uma ligação por satélite com as antenas e centros terrestres.

Para o comissário europeu para o mercado interno, Thierry Breton, "o céu já não é o limite quando falamos das possibilidades oferecidas para conetividade super-rápida e de elevada capacidade".

Desde 2008 que a CE fez uma reserva de algumas frequências para comunicações móveis nos aviões, permitindo às companhias aéreas fornecer acesso a mensagens, chamadas em aviões e serviços de dados dentro do espaço aéreo da UE. Esta atualização abre caminho a uma utilização mais abrangente de serviços 5G.

Foram ainda feitas alterações nas frequências para disponibilização em transportes rodoviários de wi-fi, como carros e autocarros, com garantia de frequências até 30 de junho de 2023. Bruxelas diz que abre portas a inovação na indústria automóvel e potencialmente aplicações no metaverso.


IDC: Vendas mundiais de smartphones caem aos níveis de 2013


Grupo supera previsões e antecipa mais crescimento este ano


Larry Page e Sergey Brin reveem estratégia de IA da gigante tecnológica


De acordo com o relatório ‘Cisco Purpose 2022’


Poderá contribuir com um trilião de dólares para as empresas até 2025


Antes da compra, plataforma tinha 7.500 pessoas


CEO admite ter sido demasiado ambicioso


Para manter integridade e segurança dos dados