CE poderá estar a preparar sanções à compra da Activision pela Microsoft

2023-01-17

A operação de compra da Activision Blizzard pela Microsoft poderá receber um parecer negativo da Comissão Europeia nas próximas semanas. A informação é avançada pela Reuters, citando fontes ligadas ao processo. Bruxelas estará a finalizar o documento com a lista de objeções e preocupações relativas ao negócio, sendo que a data proposta como prazo para uma decisão é o dia 11 de abril.

Também nos EUA o regulador da concorrência emitiu um parecer negativo à operação, estando neste momento a decorrer um processo em tribunal entre a Microsoft e o FTC, sobre este negócio de 69 mil milhões de dólares. 

A Microsoft, em declarações à Reuters, avança que continua a continua a trabalhar com a CE para corrigir qualquer preocupação do mercado. "O nosso objetivo é entregar mais jogos a mais pessoas e este negócio irá prolongar o mesmo", afirma o porta-voz da empresa. No entanto, numa primeira nota relativa à investigação preliminar, Bruxelas já tinha avançado que "a transação pode reduzir significativamente a concorrência nos mercados de distribuição de videojogos para consolas e PC, incluindo serviços de assinatura multijogos e/ou serviços de transmissão de jogos em nuvem, e para sistemas operativos de PC". E que a tecnológica "tem capacidade e potencial financeiro para levar a cabo estratégias que fechem o mercado aos concorrentes e que esse tipo de estratégias pode "conduzir a preços mais altos, qualidade inferior e menos inovação".


IDC: Vendas mundiais de smartphones caem aos níveis de 2013


Grupo supera previsões e antecipa mais crescimento este ano


Larry Page e Sergey Brin reveem estratégia de IA da gigante tecnológica


De acordo com o relatório ‘Cisco Purpose 2022’


Poderá contribuir com um trilião de dólares para as empresas até 2025


Antes da compra, plataforma tinha 7.500 pessoas


CEO admite ter sido demasiado ambicioso


Para manter integridade e segurança dos dados