Cellnex integra 3,15 mil sites nos Países Baixos

2021-01-22 A Cellnex chegou a um acordo com a Deutsche Telekom para integrar os 3.150 sites de telecomunicações de T-Mobile Infra BV's nos Países Baixos. Uma vez finalizada a operação, a Cellnex passa a operar um total de 4.314 sites  na Holanda e a desempenhar um papel revelante como operador de infraestruturas de telecomunicações do país.<

Nos termos do acordo, a Cellnex a T-Mobile assinaram um contrato de longa duração de 15 anos, renovável automaticamente por períodos de 10 anos. O acordo contempla ainda a implementação de 180 novos sites.

Uma vez implementados os novos sites, o EBITDA adicional (IFRS16) estimado para o Grupo é de cerca de 63 milhões de euros, ao passo que o fluxo de caixa livre e recorrente aumentará em cerca de 30 milhões.

A Cellnex opera nos Países Baixos desde 2016, ano em que concretizou as aquisições da Protelindo e do Shere Group. Em 2017, adquiriu a Alticom. Atualmente gere um portfolio de 984 sites no país com um investimento associado de 492 milhões de euros.

Tobías Martinez, CEO da Cellnex, sublinha como "esta transação exemplifica a força das parcerias da Cellnex com os seus clientes. Tal como fizemos na Suíça com a Sunrise, selámos uma aliança com a Deutsche Telekom nos Países Baixos que nos permite consolidar a nossa posição como um ator chave no mercado holandês. Ao mesmo tempo, dado que este acordo implica a aquisição de ativos por parte da Cellnex como contrapartida de uma participação minoritária na nossa filial holandesa, estamos a apresentar ao mercado uma nova operação de crescimento que preserva e protege a nossa capacidade de assumir mais projetos sem consumir recursos financeiros do Grupo".

A Deutsche Telekom transferirá os ativos de T-Mobile Infra BV's (3.150 sites) e 250 milhões de euros de dívida à Cellnex Netherlands através do recém-criado DIV Fund (‘Digital Infrastructure Vehicle 1SCSp'). Este fundo manterá uma participação de 38% na Cellnex Netherlands como ‘seed asset'.

Como parte da transação, a Cellnex investe 200 milhões no fundo (DIV), que acrescem aos  cerca de cerca de 400 milhões de euros de capital investido por parte da Detusche Telekom sob a forma de contribuição de ativos.

Espera-se que o fundo, que operará de forma independente, invista em ativos europeus de infraestruturas digitais tais como fibra, torres e data centres, com retornos atrativos ajustados ao risco. O investimento do fundo na Cellnex Netherlands tem como objetivo criar valor acrescentando a sua exposição ao crescimento decorrente da adopção do 5G, assim como a obtenção de sinergias como resultado da fusão. A Cellnex e DIV assinaram um acordo através do qual poderão associar-se em futuras transações no setor das torres e infraestruturas de telecomunições, nas quais a Cellnex terá o direito de co-investir com uma participação de 51%.

A presença da Cellnex nos Países Baixos remonta a 2016, quando a empresa fechou as primeiras aquisições de sites da Protelindo e doShere Group (725 sites). Em 2017, a Cellnex adquiriu a Alticom (30 torres de elevada altura que albergam centros de ‘edge computing'), seguindo-se a expansão do seu portfólio de infraestruturas nos Países Baixos até ao total atual de 984 sites e torres de telecomunicações. O investimento acumulado da Cellnex nos Países Baixos neste período ascende a cerca de 492 milhões.

Grupo chega agora à Polónia com investimento de 1,6 mil milhões de euros


Para se definir mecanismo de partilha de receitas


HyperX alavanca oferta de periféricos para videojogos


Sobretudo na saúde, energia e produção industrial


Já contabilizando a aquisição da Altran


Com mudanças voluntárias de emprego e aumento de competências


Big techs têm dois meses para negociar com os media do país