Google anuncia conclusão da compra da Fitbit

2021-01-14 O negócio da aquisição da Fibtbit pela Google está finamente fechado, depois das dúvidas levantadas por Bruxelas, nomeadamente em torno da privacidade e da proteção de dados. A gigante tecnológica compromete-se a lançar novos equipamentos e serviços que pretendem melhorar a saúde, sucesso, felicidade e conhecimento dos utilizadores, ao mesmo tempo que garante a privacidade dos dados dos clientes.

O anúncio foi feito por Rick Osterloh, senior vice president de equipamentos e serviços da Google, que considerou a Fitbit uma pioneira na indústria. Agora, pretendem criar novos equipamentos e serviços e sobre as questões relacionadas com a privacidade dos clientes da Fitbit, o representante da gigante tecnológica diz existir um "compromisso de proteger as informações de saúde e colocá-lo (ao consumidor) no controlo dos seus dados".

Recorde-se que a aquisição foi anunciada em 2019, não sendo o valor avançado, mas estima-se que seja da ordem dos 2,1 mil milhões de dólares. Os compromissos assumidos pela Google vão muito para além da privacidade, determinando como a Google pode usar os dados recolhidos para fins publicitários e como a interoperabilidade entre wearables concorrentes e o Android será protegida.

Grupo chega agora à Polónia com investimento de 1,6 mil milhões de euros


Para se definir mecanismo de partilha de receitas


HyperX alavanca oferta de periféricos para videojogos


Sobretudo na saúde, energia e produção industrial


Já contabilizando a aquisição da Altran


Com mudanças voluntárias de emprego e aumento de competências


Big techs têm dois meses para negociar com os media do país