Netflix regista número recorde de assinantes com pandemia

2020-04-23 Se para a generalidade das empresas um pouco por todo o mundo a pandemia do coronavírus está a gerar quebras abruptas dos negócios, a Neflix tem poucas razões de queixa. A plataforma de serviços de streaming viu o número de assinantes do seu serviço disparar no primeiro trimestre do ano para um número recorde de mais de 182,9 milhões. Em três meses ganhou quase 16 milhões de novos subscritores, o dobro do que tinha previsto.

A tecnológica norte-americana garante que as medidas tomadas para não entupir a internet tiveram sucesso, mesmo em períodos de picos de tráfego. E beneficiou, em termos de visualizações, de vários dos seus sucessos. Só a Casa de Papel reuniu 65 milhões de visualizações em todo o mundo e o novo filme Spenser Confidential foi responsável por 85 milhões.

No total, a empresa viu as receitas subirem para 5,77 mil milhões de dólares gerando um free-cash flow positivo de 162 milhões. No entanto, as previsões da gigante para o total do ano são mais modestas, uma vez que espera que à medida que a pandemia abrande e as pessoas possam sair para a rua, as adesões recuem. Para o 2º trimestre, estima 7,5 milhões de novos clientes e receitas de 6,05 mil milhões de dólares.

"É uma tragédia incrível para o mundo. Todos estão a lutar com as implicações, tanto na saúde como na fome e na pobreza. Também não temos certeza do que o futuro trará. É muito difícil dizer se há implicações estratégicas a longo prazo. Acabámos de nos esforçar para manter nossos servidores a funcionarem bem e a manter o conteúdo. A nossa  pequena contribuição, nesses tempos difíceis, é tornar o confinamento em casa um pouco mais suportável. Dentro de alguns meses, todos poderemos lidar com as implicações a longo prazo", referiu o CEO da Netflix, Reed Hastings.



Sobretudo na saúde, energia e produção industrial


Já contabilizando a aquisição da Altran


Com mudanças voluntárias de emprego e aumento de competências


Big techs têm dois meses para negociar com os media do país


Com investimento europeu de quase 10 mil milhões de euros