Pandemia impulsiona investimentos na inteligência artificial

2021-04-08 As despesas europeias em tecnologias de inteligência artificial atingirão os 12 mil milhões de dólares em 2021, o que representará um crescimento de dois dígitos. É que a pandemia gerou uma rápida digitalização de toda a economia e os argumentos a favor da incorporação da IA em numerosas indústrias aumentaram e o aumento dos investimentos nesta área vai manter-se alto até pelo menos 2024. As previsões são da IDC.

No seu "Guia Semestral Mundial de Despesas em Inteligência Artificial", a empresa de análise de mercado centrou-se na oportunidade tecnológica esperada no mercado da IA em nove regiões, que abrangem 32 países, 19 indústrias, 28 casos de utilização e seis tecnologias. O relatório evidencia o grande impacto do coronavírus, que exigiu uma grande mudança no comportamento dos consumidores e, por sua vez, de várias empresas.

Como resultado do aumento da digitalização, a implementação da IA registou um claro aumento em relação aos anos anteriores. Mas o trabalho destaca que a evolução em 2020 não foi de crescimento desenfreado, mas sim de aceitação para alguns setores, enquanto outros, como as lojas de retalho, tiveram de deslocar a sua utilização de IA na loja para um ambiente online.

"A Covid-19 foi um gatilho para os investimentos em IA para algumas áreas, como os cuidados de saúde. Em toda a Europa, os hospitais utilizaram a IA para uma variedade de casos, desde a ferramenta de software baseado em IA para diagnóstico automatizado até aos sistemas de planeamento de capacidade hospitalar baseados na aprendizagem de máquinas. No entanto, áreas como o retalho, transporte e serviços pessoais e de consumo tiveram de conter os seus investimentos em IA, especialmente quando foi utilizada para fornecer experiências personalizadas de clientes a serem entregues na loja, na sequência da pandemia", diz Andrea Minonne, analista sénior de investigação da IDC Customer Insights & Analysis.

O estudo destaca que até na indústria das telecomunicações, a IA está a assumir uma importância vital para a gestão da rede, face ao crescimento exponencial da utilização de dados a crescer que se antecipa para os próximos anos. Em paralelo, está a acelerar o marketing digital, tendo a IA cada vez mais relevância na gestão da experiência online dos clientes, utilizando a análise de dados em larga escala para prever as suas preferências e potencialmente oferecer-lhes ofertas únicas.

CEO da gigante diz que modelo do futuro passa pela flexibilidade


Grupo anunciou investimentos de 9 mil milhões desde janeiro


Avançando com proposta para alterar estratégia comunitária


Depois de uma queixa da Spotify sobre a App Store no ano passado


Revela relatório sobre Maturidade Digital da Minsait e SIA


Num negócio avaliado em cinco mil milhões de dólares


Com consolidação do posicionamento em áreas geograficamente estratégicas para o crescimento futuro