Vantage Towers cresce receitas em 6% no 1º semestre

2022-11-25

A Vantage Towers, presente em 10 países europeus com mais de 82 mil sites, registou um crescimento de 6% das receitas no primeiro semestre de 2022, face a período homólogo do ano anterior, para um total de 523,6 milhões de euros. O EBITDA ajustado ficou perto dos 444 milhões de euros, com um reforço de 3,8% face a 2021. Estes resultados demonstram, segundo a empresa de torres de telecomunicações, que "continua a sua expansão estratégica, a alcançar os objetivos comerciais a que se propõe e a reforçar o compromisso, sempre crescente, com a transformação digital da Europa".

 

Neste período, foram entregues 400 sites, assim como mais 710 tenancies nas torres de telecomunicações que compõem o portfólio da empresa, aumentando assim a taxa de colocação das mesmas para 1,45x (era de 1,39x em março de 2021). O que significa que está percorrido mais de meio caminho para atingir a meta de médio prazo, a qual passa por superar a taxa de colocação de 1,50x.

 

A empresa continuou a executar o seu programa de construção de novos sites e, no segundo semestre do ano, vai manter o investimento na aceleração do programa build-to-suit, concentrando-se nas fases de produção e entrega. O aumento da construção de novos sites foi parcialmente compensado pela desativação de outros através do estabelecimento de acordos de partilha ativa entre os tenants, principalmente em Espanha e Portugal. Esta prática revelou-se geradora de maior eficiência na rede Vantage Towers.


IDC: Vendas mundiais de smartphones caem aos níveis de 2013


Grupo supera previsões e antecipa mais crescimento este ano


Larry Page e Sergey Brin reveem estratégia de IA da gigante tecnológica


De acordo com o relatório ‘Cisco Purpose 2022’


Poderá contribuir com um trilião de dólares para as empresas até 2025


Antes da compra, plataforma tinha 7.500 pessoas


CEO admite ter sido demasiado ambicioso


Para manter integridade e segurança dos dados