Accenture adquire Enimbos e reforça capacidades cloud em Portugal e Espanha

2020-10-28 A Accenture vai adquirir a espanhola Enimbos, empresa native cloud com especialização em serviços de migração para a cloud. Esta aposta e aumenta os recursos e capacidades de Amazon Web Services (AWS) da Accenture e reforça a estratégia de multi-cloud da empresa em Portugal e Espanha. É a segunda compra a ser anunciada em menos de uma semana, depois da N3, que se dedica a vendas e geração de leads com base em IA e machine learning.

A aquisição a Enimbos acontece depois do recente anúncio sobre a criação do grupo global - Accenture Cloud First - e do investimento de 2,5 mil milhões de euros, com o objetivo de ajudar clientes a potenciar os seus negócios na cloud, através da aceleração dos seus processos de transformação digital.

 Com sede e escritórios em Madrid, Cáceres, Mérida, Barcelona, e em Portugal, em Aveiro e Lisboa, a Enimbos é Premier Consulting Partner da Amazon Web Services (AWS) e possui mais de 130 certificações AWS.  Mantém também um relacionamento próximo com os restantes fornecedores de cloud, totalizando mais de 260 certificações. Oferece, a várias empresas de diferentes setores de atividade, uma variedade de serviços na cloud, que incluem transformação de data centers, gestão e otimização de serviços multi-cloud, entre outros.

Os  profissionais da Enimbos serão integrados na Accenture Cloud First, grupo que incorpora mais de 70 mil profissionais em todo o mundo, especializados em serviços cloud e têm como objetivo ajudar os clientes a transformar os múltiplos processos e distintas funções dentro das suas organizações, através de uma estratégia integrada na cloud e uma profunda transformação.

A união das capacidades da Enimbos, na sua condição de expert em cloud, com a sólida experiência da Accenture nesta área, as suas capacidades a nível global e o vasto conhecimento das diferentes indústrias, permitirá oferecer às empresas de Portugal e Espanha, acesso a um vasto leque de recursos e capacidades, de forma a conseguir uma transformação digital completa e que tenha a cloud como elemento principal.

"A aquisição da Enimbos é um passo significativo na nossa estratégia de crescimento em Espanha e Portugal, e no nosso plano de continuar a enriquecer as capacidades especializadas da Accenture com cada um dos parceiros do ecossistema nativo no mundo da Cloud, como a Amazon, Google e Microsoft", afirma Domingo Mirón, Presidente da Accenture Espanha.

"A maioria das empresas não concluiu a sua transformação digital e precisa urgentemente de acelerar a sua jornada cloud. A cloud já era o capacitador-chave para completarem a sua transformação, mas o COVID-19 impulsionou ainda mais essa necessidade. Esta aceleração da transformação digital permitirá que as empresas passem a ter 80% das suas operações na cloud nos próximos três anos, e a Accenture pode apoiá-las no sentido de obterem resultados de negócio mais sólidos nesta viagem de transformação", acrescenta. 

"Com esta aquisição, iremos continuar a ajudar os nossos clientes na transformação das suas organizações, do ponto de vista digital, através de uma estratégia integrada e robusta de migração para a cloud. Queremos que os nossos clientes e potenciais clientes em Portugal, saibam que podem encontrar na Accenture o seu principal parceiro para ultrapassar os desafios e agarrar as oportunidades que jornada cloud oferece", acrescentou José Gonçalves, Presidente da Accenture Portugal.


2021-02-25 | Atualidade Nacional

Para consolidar a sua operação ibérica


2021-02-25 | Atualidade Nacional

Empresa da Indra realiza estudo para o mercado nacional


2021-02-25 | Atualidade Nacional

Juntando empresas, centros de investigação e universidades


2021-02-25 | Atualidade Nacional

De acordo com as contas da Apritel baseadas em dados do Eurostat


2021-02-19 | Atualidade Nacional

Total do encaixe já ultrapassa os 315 milhões


2021-02-18 | Atualidade Nacional

Com acordo com Páginas Civilizadas, Cofina e Global Notícias


2021-02-18 | Atualidade Nacional

Unicórnio nacional valorizada em 9,5 mil milhões de dólares