Fundo NOS 5G investe na startup portuguesa KIT-AR

2022-06-22 O Fundo NOS 5G, criado pela NOS e gerido pela Armilar Venture Partners, anunciou o investimento na KIT-AR, uma startup portuguesa que desenvolve uma plataforma para melhorar continuamente a qualidade na produção industrial, através de uma solução inovadora de Indústria 4.0. É a terceira startup nacional onde o operador de comuniucações aposta.
Com recurso a realidade aumentada e a algoritmos de inteligência artificial, esta plataforma reduz a taxa de erro nas linhas de produção e potencia a melhoria contínua dos processos industriais como um todo, beneficiando fortemente da tecnologia 5G. A KIT-AR tem já presença, além de Portugal, no Reino Unido, e conta com clientes na indústria automóvel, aeronáutica e eletrónica, que recorrem à sua plataforma para auxiliar operações de montagem e de controlo de qualidade, permitindo a correta execução de procedimentos complexos de forma consistente e de inspeções manuais com automatismos e com maior qualidade visual, reduzindo erros de produção.
Com um capital inicial de 10 milhões de euros e um período de investimento estimado de cinco anos, o Fundo NOS 5G é o primeiro em Portugal orientado para a nova tecnologia móvel. Tem como objetivo investir em soluções tecnológicas inovadoras, abrangendo desde a infraestrutura de rede até aos produtos ou serviços para clientes, privilegiando projetos tecnológicos nas primeiras fases de desenvolvimento.
Em 2021 a KIT-AR foi a startup vencedora entre as 13 startups que integraram a fase final do Acelerador 5G, o programa de inovação colaborativa dinamizado pela NOS e pela Amazon Web Services (AWS), em parceria com a Startup Lisboa.
Desde então, integrando o 5G, a KIT AR iniciou um processo de otimização desta plataforma desenvolvida para a Indústria 4.0, aumentando a capacidade de processamento de dados e disponibilizando métodos inteligentes de suporte à decisão do operador industrial. Com um software que recorre a um elevado volume de data links e processing nodes, e também a smart glasses que recorrem a streaming de dados em tempo real, as características do 5G são fulcrais para levar a solução a um outro nível de desenvolvimento e eficiência.
Graças ao 5G é também possível à KIT-AR recolher insights mais completos de todos os processos que decorrem numa unidade industrial, essenciais para a melhoria contínua das empresas deste setor. O 5G possibilita o processamento de uma maior quantidade de dados a maior velocidade, permitindo à plataforma disponibilizar e apoiar o operador industrial na concretização e verificação, em tempo real, dos processos produtivos e logísticos.
"Este é o terceiro investimento em empresas nacionais feito pelo Fundo NOS 5G, o único em Portugal constituído para apoiar startups tecnológicas a retirar o máximo partido das potencialidades do 5G. A solução única da KIT-AR ganhou visibilidade no programa de inovação dinamizado pela NOS e AWS e este investimento confere agora uma nova ambição a uma equipa que, estou certo, terá muitos sucessos a comemorar", afirma em comunicado Jorge Graça, CTO da NOS
"Este investimento seed marca o início de uma nova etapa na KIT-AR, onde queremos amplificar o valor do nosso produto no mercado industrial. O investimento dum operador de telecomunicações de referência como a NOS não só confirma essa proposta de valor como fortalece a nossa abordagem ao mercado através da tecnologia 5G", afirmou Manuel Oliveira, CEO da KIT-AR.
A KIT-AR é a terceira empresa a receber financiamento do Fundo NOS 5G, com esta ronda de investimento de 2 milhões de euros a ser coliderada pelo Fundo NOS 5G, pelo Fundo Tech Transfer da Armilar e pela Caixa Capital Risc, contando ainda com a participação do Sintef Ventures, da RKKVC, do fundo Techtree (gerido pela Iberis Semper) e da Best Horizon.

2022-06-23 | Atualidade Nacional

Reuters Digital Report mostra aumento da utilização das redes sociais


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o Barómetro E-Commerce - 1ª vaga de 2022


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Abertura do Banco CTT a parceiros está entre os planos


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Parlamento espera concluir trabalhos até final de julho


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o mais recente relatório do Observatório de Cibersegurança


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Através da subsidiária Softinsa


2022-06-22 | Atualidade Nacional

Para o desenvolvimento de soluções de realidade aumentada


2022-06-09 | Atualidade Nacional

Objetivo é agregar parceiros públicos e privados