IBM abre novo centro de competências em Vila Real

2022-06-23 A IBM acaba de inaugurar, através da sua subsidiária Softinsa, um novo centro de competências para o desenvolvimento de cidades inteligentes e consultadoria SAP em Vila Real. O projeto junta-se aos já operacionais em Tomar, Viseu, Fundão e Portalegre, prevendo-se que a três anos passe dos atuais 50 colaboradores para um total de 300.
Em declarações ao Sapo TEK, Henrique Mourisco, diretor geral da Softinsa, subsidiária para a área de serviços de consultoria, gestão e desenvolvimento de aplicações, refere que a decisão sobre a localização do novo centro assentou numa aposta na descentralização, assim como na acessibilidade e no compromisso e visão da Câmara Municipal de Vila Real e da UTAD. Acresce que foram identificados talentos jovens com as competências certas para as necessidades.
Este novo centro integra-se na rede mundial de IBM Client Innovation Centers, em articulação com os oito centros de inovação da Viewnext em Espanha. O projeto já estava a ser planeado desde o final de 2021, perante o rápido crescimento dos centros de competência do grupo, e com ele pretende-se alavancar a expansão em pontos estratégicos no território nacional e tirar partido dos futuros talentos.
O responsável da Softinsa adiantou ainda que o centro de Tomar tem mais de 200 colaboradores, o de Viseu 150, o do Fundão 60 e o de Portalegre 30. No novo centro de Vila Real, além de se dedicar, nesta primeira fase, à área das cidades inteligentes e também a prestação de serviços de consultoria SAP, estará também focado em cloud, IA, desenvolvimento aplicacional e business analytics, entre outras, à semelhança dos que acontece nos outros quatro centros.
Henrique Mourisco destacou a aposta na descentralização e a relevância da proximidade geográfica aos outros centros da Softinsa e ao centro da Viewnext de Ourense, o que "permite criar sinergias muito importantes e desenvolver competências nos jovens licenciados que decidam abraçar uma carreira profissional na Softinsa".
Estimativas do presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, apontam para que este centro tenha um impacto anual estimável de 120 e 150 milhões de euros por ano na economia local, somando o investimento nos recursos humanos e infraestrutura, mas também o impacto indireto da localização dos colaboradores.



2022-06-23 | Atualidade Nacional

Reuters Digital Report mostra aumento da utilização das redes sociais


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o Barómetro E-Commerce - 1ª vaga de 2022


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Abertura do Banco CTT a parceiros está entre os planos


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Parlamento espera concluir trabalhos até final de julho


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o mais recente relatório do Observatório de Cibersegurança


2022-06-22 | Atualidade Nacional

Para o desenvolvimento de soluções de realidade aumentada


2022-06-22 | Atualidade Nacional

Coliderando investimento de dois milhões de euros


2022-06-09 | Atualidade Nacional

Objetivo é agregar parceiros públicos e privados