Líder da Anacom: Portugal terá "cobertura plena" de 5G em 2025

2021-10-14 A quinta geração de comunicações móveis atingirá em 2025 a "cobertura plena" em Portugal, uma vez que o leilão em curso para as frequências de 5G estabelece obrigações e metas de cobertura, o que permitirá dar resposta às expectativas e interesses dos cidadãos e das atividades económicas. A garantia foi dada pelo presidente da Anacom,
Segundo João Cadete de Matos, "cada uma e todas as freguesias do nosso país vão ter de ter, no prazo de dois anos, portanto até 2023, uma melhoria significativa da cobertura. Eu diria que em 2025, aí sim, teremos uma cobertura plena das comunicações móveis no nosso país".
O líder do regulador, que falava no âmbito da cimeira aeronáutica Portugal Air Summit, referiu ainda no 5G existem obrigações a cumprir pelos operadores. A aviação "não vai poder ficar de fora" deste desafio, estimando-se um crescimento "muito significativo" do mercado 5G no setor a nível mundial: "no corrente ano, já se estima um valor de cerca de 500 milhões de dólares, perspetivando-se um crescimento até aos 3,9 mil milhões de dólares em 2026".


2021-11-26 | Atualidade Nacional

Anacom acaba de atribuir a licença ao operador


2021-11-25 | Atualidade Nacional

Tecnológica portuguesa aproxima pacientes a médicos através de vídeo consultas


2021-11-24 | Atualidade Nacional

Concurso para conetividade digital lançado até início de 2022


2021-11-24 | Atualidade Nacional

De acordo estudo "Hybrid Retail: A New Era", da Xpand IT


2021-11-24 | Atualidade Nacional

Regulador reitera que são dos mais altos da UE27


2021-11-24 | Atualidade Nacional

Anacom já aprovou relatório final do leilão


2021-11-24 | Atualidade Nacional

Num montante total de 650 milhões de euros


2021-11-19 | Atualidade Nacional

Ao mesmo tempo que acorda a atribuição de bolsas de estudo