Microsoft contrata mais 200 pessoas e analisa nova localização

2021-09-22 Desde o início da pandemia, em março de 2020, a Microsoft Portugal recrutou no mercado nacional mais 440 pessoas, elevando para um total de 1.400 o número de colaboradores da empresa. Conta ainda com 3.600 parceiros, com um aumento de 400 num ano. Números que revelam o contínuo crescimento do negócio, pelo que a tecnológica tem mais 200 vagas abertas para várias áreas. Em paralelo, está a analisar novas localizações para uma potencial abertura de novos escritórios.
"Reconhecemos em Portugal o talento e a capacidade para continuar a crescer a nossa operação. Vamos ter de sair de Lisboa para o fazer, seja através de outro escritório ou de trabalho remoto, são estas alternativas que estamos a estudar", refere em comunicado Paula Panarra, diretora geral da Microsoft Portugal.
Apostada em atrair e recrutar o melhor talento, a empresa está assim a analisar uma estratégia potenciada pelo modelo de trabalho híbrido, há muito valorizado e que faz parte integrante da cultura Microsoft, que dá a possibilidade a todos os colaboradores de trabalharem com total flexibilidade, independentemente da sua localização geográfica.
Entretanto, está já a promover o regresso aos escritórios dos seus colaboradores, num modelo de soft opening, onde o trabalho a partir de casa ainda é o recomendado, mas que permite a alguns colaboradores trabalhar nos escritórios. Para isso, a tecnológica implementou um conjunto de medidas que garantem, acima de tudo, a segurança e saúde dos colaboradores. Entre estas, destaca-se um questionário de verificação do estado de saúde, a marcação de lugar, a utilização obrigatória de máscara em toda a permanência no escritório, o distanciamento de 2 metros e a higienização constante das áreas de trabalho.
No futuro, quando a pandemia já não intervir na forma como trabalhamos, implementará o trabalho remoto de 50% como standard para todos os colaboradores.
No âmbito do Back to Business, a empresa fez ainda um balanço dos seus programas de formação e capacitação. Assim, através do programa Global Skills Inititative, já ajudou, desde junho de 2020, cerca de 271 mil portugueses a adquirir competências digitais nas mais variadas áreas de qualificação, número que superou o objetivo inicial de capacitar até 100 mil pessoas em todo o país em 2020.
Sendo a Diversidade e Inclusão é um dos pilares centrais da cultura "empower every person", anunciou ainda o lançamento do grupo Disability at Microsoft em Portugal. A iniciativa pretende capacitar o tecido empresarial e a economia para uma maior integração de pessoas com deficiência no trabalho, através do desenvolvimento de uma geração de tecnologia mais acessível, refletida nos produtos da Microsoft e nas ferramentas e serviços que apoiam os programadores de software e fornecedores portugueses. O objetivo é chegar a 2% do workforce de pessoas com deficiência em Portugal, até 2023.
"Diversidade e Inclusão são pilares da nossa cultura e uma prioridade na nossa tecnologia. Por essa razão, disponibilizamos e incentivamos todas as pessoas a fazerem a formação Principios Fundamentais de Acessibilidade, que entre outros aspetos foca a aprendizagem dos conceitos de acessibilidade e demonstra como através da tecnologia poderemos melhorar a inclusão das pessoas com deficiência", diz Paula Panarra.
De referir que a Microsoft criou nos últimos dois anos, em Portugal, o GLEAM (Global LGBTQI+ Employees and Allies at Microsoft") que conta já com 60 membros e o BAM (Blacks at Microsoft), que integra 32 membros.
A empresa anunciou ainda o lançamento da 4ª edição do Building the Future para os dias 26 e 28 de janeiro de 2022, reunindo lguns dos mais importantes decisores, líderes, profissionais da área tecnológica, professores, estudantes, investigadores, programadores e empreendedores, que juntos suportam e constroem o ecossistema da tecnologia. O evento decorrerá sobretudo em formato digital, sendo o primeiro dia dedicado ao tema BEYOND e FUTURE, o segundo dedicado aos temas PEOPLE e PLANET e o último dia inteiramente focado em EDUCATION e SKILLING.


2021-10-20 | Atualidade Nacional

De acordo com o estudo "Os Portugueses e as Redes Sociais 2021"


2021-10-20 | Atualidade Nacional

Segundo novo balanço da Anacom sobre impacto da pandemia


2021-10-15 | Atualidade Nacional

Apesar dos valores diários chegarem a ultrapassar os 5 milhões de euros


2021-10-14 | Atualidade Nacional

Na sequência das obrigações impostas pelo leilão em curso


2021-10-14 | Atualidade Nacional

Financiado pela CE junta 55 parceiros europeus na condução autónoma


2021-10-14 | Atualidade Nacional

Operador manifesta a sua "profunda indignação" com medida do Governo


2021-10-14 | Atualidade Nacional

Mostra estudo da Anacom sobre serviços de voz e dados naqueles comboios


2021-10-13 | Atualidade Nacional

Apritel diz que decisão do Governo terá impacto nos preços