NOS implementa 5G standalone na sua rede com Nokia e Ericsson

2023-11-28

Dois anos após ter sido o primeiro operador a disponibilizar a rede 5G no mercado nacional, a NOS acaba de introduzir com sucesso um novo core de dados para 5G Standalone (5G SA). Tendo em conta esta integração e desenvolvimento da rede, está assim tecnologicamente pronta para a disponibilização de serviços com características ainda mais inovadoras. A disponibilização desta oferta foi feita em parceria com a Nokia e a Ericsson. 
Em comunicado, a NOS assegura que "reafirma a sua liderança na rede móvel de última geração, sendo pioneira em Portugal a introduzir o 5G SA". Este vem "abrir uma nova página na capacidade de desenvolvimento e implementação de serviços com características diferenciadoras como a latência ultra baixa, a qualidade de serviço garantida ("network slicing"), redes privadas, a capacidade de suportar de forma massiva equipamentos IoT, entre outros".
"O desenvolvimento o 5G tem sido, ao longo destes dois anos, um vetor estratégico para a NOS, representando um investimento até ao momento de cerca de 420 milhões de euros, prevendo-se mais 110 milhões de euros nos próximos anos. Temos sido líderes nesta tecnologia, desde o primeiro momento, e temos aquela que é a melhor e maior cobertura 5G do país, com mais de 4.200 estações base e uma cobertura superior a 93% da população portuguesa. Queremos continuar a liderar, também, na captação de todo o potencial do 5G standalone nas aplicações dos nossos clientes", adianta Jorge Graça, Chief Technology and Information Officer da NOS. Atualmente, quase um em cada quatro clientes NOS já tem um equipamento 5G. Destes, cerca de 84% usa a tecnologia numa base recorrente. Espera-se agora que os números cresçam muito rapidamente, tendo em conta que 76% dos smartphones vendidos pela NOS já são 5G. Para além disto, do lado empresarial, o operador fechou acordos para mais de 500 projetos 5G/IoT, em empresas e instituições das mais diversas áreas, desde a saúde ou o retalho.
A nova arquitetura de dados do 5G SA foi desenvolvida em parceria com a Nokia, para a implementação de um novo Core de Dados 5G e componentes de sinalização, estando esta infraestrutura cloud native, escalável e segura. A evolução da componente de voz e perfil de cliente foi desenvolvida em parceria com a Ericsson. A primeira sessão de dados em Portugal foi efetuada, com sucesso, a 27 de setembro.
Explica-se que latência ultrabaixa disponibilizada, inferior a 10 ms, alarga o leque de aplicações com necessidades de interação em tempo real, tais como o controlo remoto de máquinas ou mesmo a condução autónoma onde a diferença de alguns milissegundos é crítica. A latência reduzida é também central nas aplicações de realidade aumentada/virtual e gaming, permitindo melhorar a qualidade de experiência aos utilizadores finais.
Esta nova infraestrutura adiciona ainda a capacidade de desenvolver e implementar serviços com requisitos específicos e diferenciados. A capacidade de programar a rede e de criar arquiteturas virtuais segregadas garante maior fiabilidade e gestão da procura de uma aplicação específica, sem afetar as restantes. Como exemplo, numa fábrica podemos ter dois serviços independentes - denominados "slices" - um para a conetividade das máquinas da fábrica (garantindo isolamento, velocidade garantida, latência baixa, entre outros) e um segundo para a restante conetividade corporativa (acesso à internet, email, etc).
Desde maio de 2022, a NOS disponibiliza o 5G SA no seu Hub 5G & Transformação Digital, uma incubadora que visa potenciar a inovação e a liderança na experimentação assente em 5G, enquanto peça central e incontornável na transformação digital de vários setores, acelerando a sua adoção em Portugal e contribuindo para a convergência a nível europeu. Com os novos desenvolvimentos, entra-se agora numa nova fase, que tem como objetivo a disponibilização integral desta tecnologia.


2024-02-16 | Atualidade Nacional

Plataforma tecnológica é agora detida pelos sul-coreanos da Coupang


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Tecnológica garante ter condições para executar a estratégia definida


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Candidaturas para profissionais abertas até 30 de março


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Decorre até ao dia 18, na India


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Com adoção pioneira de novo equipamento da fabricante


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Dados da MedUX mostram que Berlim lidera ranking da qualidade das redes


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Mostram dados da Anacom para o 4º trimestre de 2023


2024-02-15 | Atualidade Nacional

Reforçando a aposta do grupo de software de gestão no mercado nacional


2024-02-15 | Atualidade Nacional

UE tem 252 milhões no total para infraestruturas assentes nesta tecnologia