Sonae IM vende empresas de cibersegurança à Thales Group

2022-05-17 A Sonae Investment Management (Sonae IM) chegou a acordo com a Thales Group para a venda da Maxive Cybersecurity, holding criada em 2020 e que agrega duas das principais empresas europeias de cibersegurança, a S21sec e a Excellium. O negócio envolve um valor da ordem dos 120 milhões de euros e deverá ficar concluído no 2º semestre do ano.
A operação representa um ganho da ordem dos 63 milhões, representando "um importante passo para a S21sec no mercado altamente dinâmico dos serviços de consultoria e gestão de cibersegurança, que prevê um crescimento de aproximadamente 10% entre 2020 e 2025", avança a Thales em comunicado.
Este grupo desenvolve atividades de cibersegurança que representam mil milhões de euros em vendas anuais, estando envolvido em toda a cadeia de valor da cibersegurança, com soluções que vão desde a avaliação de riscos à proteção de infraestruturas críticas, apoiadas por capacidades abrangentes de deteção e resposta a ameaças. Tem cerca de dez mil programadores de software e cinco mil engenheiros de IT e cibersegurança em 60 países. Só este ano, planeia contratar onze mil pessoas em todo o mundo, incluindo mil em cibersegurança.
A aquisição da Maxive Cybersecurity "irá expandir a presença europeia da S21sec e a liderança do mercado de cibersegurança. Esta operação representa uma oportunidade para a S21sec continuar a sua história de inovação e liderança em cibersegurança dentro de uma organização global totalmente dedicada à inovação digital e tecnológica, conectividade, big data, cibersegurança de inteligência artificial, tecnologia quântica e defesa".
Já para a Sonae IM, esta operação representa "um sucesso importante na estratégia de construção da MSSP que foi iniciada em 2014 com a aquisição da S21sec. Como acionista maioritário da empresa, ajudámos a S21sec a atingir mais do triplo das suas receitas anuais, com base na sua história de inovação e especialização, ajudando-a a tornar-se numa das empresas líderes de MSSP na Europa", afirma Carlos Alberto Silva, Managing Partner da Sonae Investment Management, citado pelo comunicado.Os 546 profissionais da Maxive Cybersecurity localizados em Espanha, Portugal, Luxemburgo e Bélgica serão integrados nos mais de dois mil colaboradores da área de cibersegurança da Thales, gerando conjuntamente receitas estimadas superiores a 1,9 mil milhões de euros e cobrindo mais de 60 países.
A Sonae IM é a área de investimento tecnológico do grupo Sonae, acionista maioritário da NOS. Com 50 investimentos diretos, engloba participações em empresas à escala global, desde as fases iniciais até ao crescimento, e em áreas estratégicas de negócio como a cibersegurança, infraestruturas digitais e tecnologia de retalho.


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Reuters Digital Report mostra aumento da utilização das redes sociais


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o Barómetro E-Commerce - 1ª vaga de 2022


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Abertura do Banco CTT a parceiros está entre os planos


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Parlamento espera concluir trabalhos até final de julho


2022-06-23 | Atualidade Nacional

De acordo com o mais recente relatório do Observatório de Cibersegurança


2022-06-23 | Atualidade Nacional

Através da subsidiária Softinsa


2022-06-22 | Atualidade Nacional

Para o desenvolvimento de soluções de realidade aumentada


2022-06-22 | Atualidade Nacional

Coliderando investimento de dois milhões de euros