Izertis e consórcio do Projeto EBSI-Vector recebem prémio INATBA

2024-02-08

O Projeto EBSI-Vector, liderado pela Izertis, foi galardoado com o prémio INATBA na categoria "Inovação no Setor Público". O projeto visa garantir a veracidade e rastreabilidade das credenciais dos cidadãos da União Europeia através da tecnologia blockchain.
O projeto EBSI-Vector é uma implementação em grande escala, reunindo 50 parceiros de 20 países, incluindo a Casa da Moeda espanhola (FNMT), a sua congénere francesa, La Poste, e mais de 100 universidades do continente.
Já a INATBA (International Association for Trusted Applications of Blockchain), criada em 2019 pela Comissão Europeia e organismo de referência para a promoção, defesa e adoção da DLT na Europa, reconhece os melhores projetos europeus em que foi utilizada a tecnologia blockchain.
O denominado "Óscar" dos projetos europeus de blockchain distinguiu a EBSI-Vector como "pioneira pelo seu sucesso na fusão da inovação e da sustentabilidade desta iniciativa".
A Izertis ficou à frente das outras quatro empresas concorrentes no reconhecimento na sua categoria, que incluíam a norte-americana UNJSPF, a francesa Archipiels, a holandesa IoT Netherland e a belga SettleMint. Foram também distinguidas, noutras categorias, a empresa americana FireBlocks, como "Melhor ReFi Económica", e o ACNUR, como "Melhor Projeto de Inovação Sustentável", pela sua ajuda aos refugiados com esta mesma tecnologia.
"Por um lado, somos reconhecidos como um dos principais atores internacionais. Por outro lado, pela nossa capacidade de impulsionar projetos de grande escala, através de uma tecnologia tão disruptiva e complexa como a blockchain e a identidade digital.", explicaram Miguel Ángel Calero, responsável de Tecnologias Emergentes e Nuria Rodríguez, consultora de Inovação da Izertis em Espanha, após a cerimónia de entrega de prémios.
"Dentro da empresa criámos um modelo que permite que a equipa que desenvolve a inovação seja a mesma equipa que gera o mercado, ou seja, muitas das soluções em que trabalhamos para inovar há anos estão a chegar em tempo real ao mercado, o que significa que o nosso caminho é o mais curto para que os nossos clientes possam utilizar as tecnologias emergentes o mais rapidamente possível e de forma já comprovada", enfatiza Miguel Ángel Calero.
O projeto EBSI-Vector é um exemplo disso, uma vez que "há anos que trabalhávamos na identidade digital", num período em que "tudo estava por fazer", e agora estamos na vanguarda a nível internacional a meses de esta tecnologia ser utilizada no setor privado e público com clareza regulamentar.


2024-02-15 | Breves do Sector

Focando equipas na modernização e digitalização do país


2024-02-15 | Breves do Sector

Novo instrumento inovador de integração e análise de dados


2024-02-15 | Breves do Sector

Reafirmando posição de referência em soluções tecnológicas


2024-02-15 | Breves do Sector

Atingindo a melhor classificação na indústria tecnológica


2024-02-09 | Breves do Sector

Será selecionado um representante nacional para estar presente


2024-02-08 | Breves do Sector

Para garantir uma utilização segura da internet


2024-02-08 | Breves do Sector

Apoiando startups em duas edições distintas


2024-02-08 | Breves do Sector

Através de um conjunto abrangente de soluções


2024-02-08 | Breves do Sector

Abrangendo iniciativas nas escolas em todo o país


2024-02-08 | Breves do Sector

Candidaturas decorrem até 20 de fevereiro